Falsa miopia: o que é e como tratar

Entre os principais efeitos nocivos provocados pela exposição frequente às telas de dispositivos eletrônicos está a sensação de embaçamento dos olhos, chamada de falsa miopia. Nesses casos, as imagens ficam borradas e os olhos mais secos.

Você já ouviu falar nessa condição? Sabe como é o tratamento? Caso não, continue a leitura deste post e conheça as informações mais relevantes sobre o tema.

O que é a falsa miopia?

O amplo acesso aos dispositivos eletrônicos e à internet faz com que haja um crescimento contínuo do tempo gasto em frente aos computadores, smartphones e tablets. Em função dessa exposição frequente, há uma contração excessiva dos músculos dos olhos.

Ainda, esse movimento muscular é realizado para obter o foco de objetos vistos de perto. Assim, quanto maior o tempo de utilização desses aparelhos, maior será a quantidade de contrações musculares.

Com isso, reduz-se a frequência de piscadas dos olhos e, consequentemente, eles não se lubrificam. Em função disso, a vista fica embaçada ao tentar enxergar objetos à distância, os olhos ficam secos e cansados, caracterizando o quadro de falsa miopia.

Ademais, essa dificuldade momentânea de enxergar à distância é mais comum em pessoas que já possuem hipermetropia, pois, amplifica a fadiga do ciliar. Se não for tratado, o sintoma pode se transformar em uma condição permanente.

Como identificar?

Nos casos de miopia, o globo ocular do paciente é mais alongado do que o normal, fazendo com que as imagens sejam formadas antes da retina, o que dificulta a visualização de objetos à distância.

Porém, no caso de falsa miopia, não existe alteração no globo ocular, pois é provocada pelo uso excessivo de dispositivos eletrônicos. Por isso, o diagnóstico só pode ser feito pelo médico oftalmologista através do exame de acuidade visual.

Como é causada?

Embora a falsa miopia seja provocada pelo uso de aparelhos eletrônicos, o que causa o desconforto nos olhos é a luz azul emitida por esses dispositivos. A exposição contínua a essa luz provoca a fadiga ocular, visão embaçada e dor de cabeça;

Além de provocar a falsa miopia, prejudicando a visão, a luz azul também bloqueia a produção de melatonina e interfere na qualidade do sono. Porém, caso seja diagnosticada, essa miopia pode ser facilmente tratada.

Como é o tratamento?

O primeiro passo é procurar um oftalmologista para a realização de um exame completo de vista. Assim, será possível descobrir se o seu quadro é uma miopia falsa ou verdadeira. O tratamento irá variar de acordo com o tipo diagnosticado.

Ainda, quando falsa, o médico poderá indicar o uso de colírios para tratar o ressecamento dos olhos, a realização de exercícios visuais e, em alguns casos, o uso de óculos de descanso específicos para esse problema, que contam com proteção aos efeitos da luz azul.

Contudo, é fundamental que o paciente mude os seus hábitos em relação ao uso desses dispositivos. A seguir, conheça algumas dicas para prevenir a falsa miopia:

  • mantenha a tela do dispositivo na altura da linha dos olhos;
  • durante o uso de celulares e computadores, faça pausas a cada meia hora;
  • prefira monitores com alta resolução;
  • evite o uso de celulares e tablets após passar longos períodos à frente do computador.

Enfim, a falsa miopia não é uma condição grave e pode ser facilmente tratada. Porém, é importante que ao primeiro sinal de embaçamento da vista, um oftalmologista seja procurado.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Comentários

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular