astigmatismo

Qual a diferença entre miopia e astigmatismo?

Qual a diferença entre miopia e astigmatismo?

Dentre as doenças oftalmológicas existentes, a miopia e o astigmatismo podem ser consideradas como uma das mais frequentes entre as pessoas. E, por serem parecidas, muitas vezes acabam sendo confundidas. No entanto, há diferença entre as duas.

Embora ambas sejam problemas oculares e proporcionem dificuldades para enxergar — o que pode acabar gerando uma conclusão equivocada sobre elas — se tratam de patologias distintas. Abaixo, confira as particularidades de cada uma delas.

Características da miopia

A miopia é uma doença visual que ocorre devido a uma deformidade no globo ocular, que acarreta na dificuldade do olho focar em imagens ou letras que estejam distantes, fazendo com que se enxergue inadequadamente.

Isto acontece quando os raios de luz produzem o foco antes da retina, causando dificuldade para enxergar de longe.

Vale ressaltar que a miopia costuma ser uma doença hereditária, dependendendo da condição genética de cada um.

Sintomas

A miopia pode apresentar diversos sintomas e a grande maioria deles pode ser percebido facilmente em algumas situações do dia a dia. Dentre os principais, podemos ressaltar:

  • Visão turva para enxergar objetos distantes;
  • Lacrimação excessiva nos olhos;
  • Dores nos olhos ou cansaço na vista por forçar demais a visão;
  • Tonturas e fortes dores de cabeça;
  • Dificuldade de dirigir veículos, principalmente à noite;
  • Precisar apertar os olhos para enxergar com maior clareza;
  • Dificuldade em ler as placas de trânsito ou semáforos.

Tratamento

O tratamento na grande maioria das vezes é muito simples, podendo ser solucionado com óculos de grau ou lentes de contato que serão indicados após a consulta com um oftalmologista.

Porém, em alguns casos, apenas isso não será o suficiente, sendo assim necessária a realização de uma cirurgia nos olhos.

Características do astigmatismo

O astigmatismo é um distúrbio visual que causa dificuldade para enxergar imagens ou objetos, não importando se estejam longe ou perto.

É causado por um problema na córnea dos olhos que se estende de forma desigual, demonstrando um formato oval. Assim, o olho acaba focando em diversos pontos, fazendo com que as imagens visualizadas fiquem distorcidas ao passar pela córnea.

Sintomas

Os sintomas do astigmatismo pode variar de acordo com a gravidade do quadro. Dentre eles, estão:

  • Olhos sensíveis a luz;
  • Incapacidade de enxergar de perto ou de longe sem forçar a vista;
  • Dificuldade de ler letras pequenas;
  • Visão dupla;
  • Vista cansada;
  • Dor de cabeça.

Tratamento

Embora o astigmatismo não tenha cura, o tratamento da doença não é complicado, podendo ser corrigidoa por lentes de contato ou óculos de grau, indicados por um oftalmologista.

Para os casos mais graves a solução é realizar a cirurgia refrativa, que só é permitida para maiores de 21 anos de idade.

Relação entre miopia e astigmatismo

Portanto, fica claro que essas duas doenças possuem sim uma grande semelhança, mas, apesar disso, têm suas próprias particularidades e, definitivamente, não são iguais.

Ademais, embora haja casos em que a mesma pessoa possui ambas as doenças, não significa necessariamente que os portadores do astigmatismo também irão desenvolver a miopia ou vice-versa.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular in Todos
O que significam as medidas de eixo do astigmatismo?

O que significam as medidas de eixo do astigmatismo?

Se você tem astigmatismo, deve ter percebido que, ao sair do exame de vista, você recebeu um receituário com algumas medidas em graus. Essas medidas representam o eixo do seu problema de visão.

Esse eixo é a posição do grau do astigmatismo no seu olho. Assim, esses números que aparecem na sua receita indicam quantos graus da doença você tem.

Essas medidas vão servir para confeccionar as lentes que vão ajudar a corrigir seu problema de visão. Por isso, este artigo ajudara entender melhor a importância desses valores. Confira.

Entendendo o eixo do astigmatismo

Na visão normal, o olho cria um único ponto de foco. Com isso, temos uma visão clara e nítida. No astigmatismo, o olho cria vários pontos de foco, o que causa visão distorcida ou embaçada das coisas.

Isso acontece em função de uma assimetria na córnea, a estrutura responsável pelo foco do olho. Com o problema, são criados os vários focos do astigmatismo.

Os eixos são esses vários pontos de foco. Por isso, é tão importante saber a medida exata do eixo focal na hora de fazer os óculos e lentes de contato.

O grau de astigmatismo dependerá da medida do eixo focal. Ele varia de 0 (zero) a 180 graus. Além disso, quem tem esse problema de vista, pode notar que, na receita, a anotação dos graus consta na coluna do grau cilíndrico. Se na receita, a coluna de grau cilíndrico não estiver preenchida quer dizer que a pessoa não tem o problema.

O grau de astigmatismo é colocado apenas em determinado eixo da lente dos óculos. Diferente da miopia e da hipermetropia, em que o grau é colocado em toda lente.

O que acontece se a medida do eixo estiver errada?

Muitas pessoas questionam sobre as consequências de as medidas do eixo serem registradas erradas no receituário. Nesse caso, o indivíduo pode enxergar as imagens distorcidas ou embaçadas.

A medida do eixo também influencia na variação da espessura das lentes, podendo deixá-las mais espessas ou mais finas. Sendo assim, a espessura da lente dependerá da localização do grau do eixo.

O eixo entre 0 e 25 graus ou entre 165 e 180 graus resultam em óculos com lentes mais grossas na parte superior e inferior. Por conseguinte, quando o eixo é entre 70 graus e 110 graus ou bem próximo de 90 graus, as lentes são mais grossas nas laterais externas.

Quanto maior o grau, mais espessas as lentes vão ficar. No entanto, é possível reduzir a espessura da lente dos óculos escolhendo uma com alto índice de refração. Por isso, se você tem mais de dois graus de astigmatismo, opte por lentes de resina, que são mais leves e têm alto índice de refração.

Além disso, não hesite em consultar o oftalmologista se você tem astigmatismo, fez seus óculos e continua sentindo desconforto visual.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular in Todos