luz azul

Os efeitos da luz azul na sua saúde ocular

Os efeitos da luz azul na sua saúde ocular

A saúde ocular é ameaçada por diversos fatores, que podem causar danos irreversíveis ao longo do tempo. Exemplo disso são os efeitos da luz azul, que está presente no dia a dia de todas as pessoas.

Basicamente, a luz azul é visível e de alta energia, emitida por telas digitais de dispositivos eletrônicos, lâmpadas ou até na luz solar. Capaz de causar doenças retinianas, é uma problema que desperta atenção, considerando a alta exposição de todos.

Você sabe os cuidados e efeitos da luz azul na sua saúde ocular? Embora não seja um tema muito comum, é essencial estar atento para evitar qualquer problema com a visão. Pensando nisso, confira neste post informações relevantes sobre o assunto!

O que é a luz azul? 

A luz azul é emitida por naturalmente, pelo sol, ou por eletrônicos como lâmpadas, celulares e computadores, que são a principal fonte de emissão. Propagam uma radiação que se acumula na retina causando a degeneração da musculatura.

Pode ser dividida em dois tipos, como:

  • luz azul-violeta: a que faz mal à saúde ocular;
  • luz azul-turquesa: a luz que não causa danos à saúde ocular.

Os principais motivos de preocupação para os oftalmologistas é a luz azul emitida por celulares e computadores, que são bastante utilizados no dia a dia. Como a proximidade desses dispositivos com o rosto é curta, os efeitos podem ser ainda mais devastadores ao longo do tempo.

Quais os efeitos para a saúde ocular? 

Os primeiros sintomas da exposição longa e continua a luz azul não se manifestam de imediato, o que torna ainda mais preocupante. Apesar disso, os efeitos iniciais são a fadiga ocular e degeneração musculares, que se surgem, é essencial procurar uma consulta com um oftalmologista com urgência.

Geralmente, os efeitos acontecem de médio a longo prazo, dependendo do estilo de vida e tempo de exposição do indivíduo. Como estamos na era digital, todo cuidado é bem-vindo para preservar a saúde ocular, principalmente das crianças.

Geralmente, os efeitos acontecem de médio a longo prazo, dependendo do estilo de vida e tempo de exposição do indivíduo. Como estamos na era digital, todo cuidado é bem-vindo para preservar a saúde ocular, principalmente das crianças.

Embora seja um risco presente na rotina de todos, não significa que é necessário deixar de utilizar dispositivos eletrônicos. Basta adotar medidas para proteção e preservar os olhos da exposição continua a luz azul.

Como se proteger?

Saber como se proteger da luz azul é fundamental, principalmente se você utiliza smartphones e computadores diariamente. São medidas simples, acessíveis e eficientes para aliviar a sobrecarga ocular, garantir a saúde para desenvolver suas atividades sem desconfortos.

As seguintes ações contribuem para se proteger e aliviar os efeitos da luz azul:

  • evite prolongar a permanência em frente as telas, faça pausas regulares;
  • ajuste a luminosidade das telas para harmonizar com o ambiente;
  • mantenha o computador no mesmo nível dos olhos;
  • pisque várias vezes;
  • óculos e lente de contato com filtro azul é uma boa alternativa;
  • utilize o modo noturno do computador ou celular.

Ser saudável é um conceito abrangente, que harmoniza a saúde física, mental e também a saúde ocular. Portanto, se você deseja alcançar esse objetivo, é imprescindível evitar os efeitos da luz azul, que com o passar dos anos, pode causar danos irreversíveis. 

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular in Todos