oftalmologista

Qual o momento certo de procurar um oftalmologista?

Qual o momento certo de procurar um oftalmologista?

Assim como outras partes do corpo, os olhos também podem ser acometidos por diversas doenças e distúrbios. Porém, ainda não há uma cultura no país para a realização de check-ups oftalmológicos. Na verdade, a busca por um oftalmologista só costuma ocorrer em situações emergenciais.

E você, sabe quando é a hora certa para procurar este profissional. Caso não, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos a importância de realizar consultas regulares com este especialista.

O que faz um oftalmologista?

A oftalmologia é a área médica dedicada à avaliação, diagnóstico e tratamento de doenças que acometem a visão e as estruturas oculares. Assim, o oftalmologista também é responsável por prescrever exames e realizar procedimentos invasivos e não invasivos.

Ainda, este profissional pode atuar em diferentes áreas, tais como, plástica ocular, cirurgia refrativa e oftalmo-pediatria. A formação acadêmica deste especialista envolve o curso de Medicina e a residência ou especialização na área de oftalmologia.

Ademais, apesar da atuação abrangente do oftalmologista, ele é comumente procurado quando há uma dificuldade em enxergar objetos distantes (miopia), próximos (hipermetropia) ou em ambas as situações (astigmatismo).

Quais as doenças tratadas por este profissional?

O oftalmologista atua no tratamento de qualquer alteração que impacte na visão do paciente ou de algum sintoma que traga desconforto aos olhos. Além disso, também atua na prevenção de problemas oculares.

No caso das crianças, por exemplo, o teste do olhinho pode detectar alterações e, com isso, indicar a necessidade de acompanhamento oftalmológico. Em adolescentes, este especialista costuma diagnosticar e tratar os erros refrativos.

Com o avançar da idade, ficamos mais suscetíveis a doenças oculares de maior gravidade e que também são tratadas por este médico, tais como, degeneração macular relacionada à idade (DMRI), glaucoma, catarata e síndrome dos olhos secos.

Quais os sintomas que indicam a necessidade de procurá-lo?

No que se refere às doenças oculares, nem sempre manifestam sintomas em estágios iniciais. Porém, existem sinais que são importantes indicativos de um problema nos olhos. Assim, você deve procurar um oftalmologista quando identificar os seguintes sintomas:

  • visão embaçada: é uma característica comum nos casos de catarata, fadiga ocular, glaucoma e DMRI. Nesses casos, os pacientes relatam que há uma névoa à frente dos olhos, impedindo uma visualização clara e nítida;
  • dor ocular: sintoma que pode ter origem em qualquer estrutura dos olhos, sendo mais comum na córnea. Quase todas as doenças que afetam a córnea provocam dor nos olhos, pois é uma área muito sensível;
  • vermelhidão ocular: sinal ocasionado pela dilatação dos vasos sanguíneos localizados na superfície do olho e que pode ser provocado por uma infecção, alergia, inflamação ou pela pressão elevada;
  • perda de visão súbita: sintoma que pode indicar uma doença grave, como, por exemplo, obstruções na retina, no nervo óptico ou pode surgir em função de uma hemorragia vítrea, acidente vascular cerebral (AVC), glaucoma agudo, descolamento da retina, acidente isquêmico transitório (AIT), uveíte anterior, infecções na retina ou DMRI.

Enfim, como você pode perceber, existem diversas situações que indicam a necessidade de procurar um oftalmologista. Portanto, visite este profissional regularmente para evitar ser acometido por alguma dessas doenças oculares.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular in Todos
5 motivos pelos quais você deveria consultar o oftalmologista regularmente

5 motivos pelos quais você deveria consultar o oftalmologista regularmente

Embora já seja comum a realização de check-ups periódicos com cardiologistas, ortopedistas e clínicos gerais, costumamos negligenciar os cuidados com a saúde dos olhos. Porém, a melhor forma de evitar uma série de doenças oculares é mantendo uma rotina de visitas ao oftalmologista.

Neste post, iremos listar alguns dos principais motivos que indicam a necessidade de desenvolver o hábito de consultar-se com o especialista na saúde dos olhos. Ficou interessado? Continue a leitura.

1) Conjuntivites constantes

A poluição das grandes cidades, o uso contínuo de computadores e a infecção por bactérias ou vírus são as principais causas relacionadas às conjuntivites, uma inflamação que acomete a membrana transparente que recobre a parte branca do olho, chamada de conjuntiva.

Além disso, o uso incorreto e constante das lentes de contato também podem fazer com que haja um atrito recorrente no local, provocando uma reação alérgica. A repetição desse quadro inflamatório precisa ser analisada por um oftalmologista para que ele descubra a causa e prescreva o tratamento mais adequado.

2) Alterações na visão

A dificuldade para enxergar é uma das principais razões para consultar um oftalmologista regularmente. Isso porque o não tratamento de um erro refrativo pode causar muitos incômodos, como dor de cabeça constante, e prejudicar a qualidade de vida dos pacientes.

Ainda, as causas mais comuns de alteração na visão são a miopia, hipermetropia e o astigmatismo. De modo geral, todos os casos são de fácil tratamento, bastando o uso de óculos de grau ou de lentes de contato.

Porém, mesmo com o tratamento, o quadro pode piorar, indicando a necessidade de alterar o grau das lentes corretivas. Por isso, o check-up oftalmológico é de extrema importância.

3) Ter mais de 40 anos

Conforme envelhecemos, ficamos cada vez mais suscetíveis às doenças oculares, tais como, presbiopia, glaucoma e catarata. Dessa forma, recomenda-se que, a partir dos 40 anos, todas as pessoas visitem regularmente o oftalmologista.

Ainda, essa recomendação busca prevenir o surgimento desses problemas ou possibilitar o seu diagnóstico precoce. Além disso, os idosos estão mais predispostos a desenvolverem sintomas muito desconfortáveis, como, por exemplo, olhos secos, lacrimejamento excessivo e a dificuldade de focalizar objetos próximos.

4) Irritações frequentes nos olhos

Um dos problemas mais comuns nos dias atuais é a irritação ocular frequente, principalmente em razão da exposição excessiva às telas de computadores e celulares. A repetição desse quadro pode provocar a chamada Síndrome da Visão do Computador.

Ainda, esse quadro se caracteriza pela irritação, sensibilidade acentuada dos olhos e ressecamento do globo ocular. Ao procurar um oftalmologista, ele irá orientar sobre o uso adequado desses dispositivos e irá prescrever tratamentos para lidar com os sintomas.

5) Ter diabetes ou hipertensão

Pessoas portadoras de diabetes ou hipertensão têm o dobro de razões para visitar regularmente o oftalmologista. Isso porque essas patologias podem causar graves danos à visão no longo prazo, como, por exemplo, o glaucoma e a catarata.

Por outro lado, a realização de check-ups periódicos com esse especialista pode auxiliar na descoberta dessas duas doenças em pacientes que não possuem o diagnóstico.

Portanto, se você não possui o hábito de consultar-se com um oftalmologista, recomendamos que mude esse comportamento e passe a incluir a ida a esse especialista na sua rotina.

Quer saber mais? Estamos à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficaremos muito felizes em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do nosso trabalho como oftalmologistas em Belo Horizonte!

Posted by DUO Oftalmologia e Plástica Ocular in Todos